quinta-feira, 7 de dezembro de 2017

O Garoto do Cachecol Vermelho - Ana Beatriz Brandão

O Garoto do Cachecol Vermelho - Ana Beatriz Brandão

Editora: Verus
Ano da Edição: 2016
Páginas: 294
Título Original: O Garoto do Cachecol Vermelho

Sinopse
Uma história comovente, recheada de drama, suspense e romance Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho... Com esta história intensa e apaixonante, Ana Beatriz Brandão vai emocionar e surpreender o leitor, provando que é uma jovem autora que tem muito a dizer.



Resenha

terça-feira, 28 de novembro de 2017

Alice - Lewis Carrol

Alice - Lewis Carrol

Editora: Zahar
Ano da Edição: 2013
Páginas: 448
Título Original: The Annotated Alice: The Definitive Edition

Sinopse
O leitor brasileiro tem agora a edição definitiva e consagrada de "Aventuras de Alice no País das Maravilhas" e "Através do Espelho", com suas ilustrações originais, obras-primas de Lewis Carroll que não podem faltar nas bibliotecas, escolas e, naturalmente, em sua casa. As notas de Martin Gardner - um dos maiores especialistas em Carroll - dão sentido a passagens nunca antes elucidadas, esclarecendo trocadilhos de época, enigmas lógicos e referências à vida pessoal do autor, além de tornarem possível uma tradução mais próxima da versão original. Uma revolução nas interpretações das histórias de Alice, proporcionando a crianças e adultos do século XXI o caminho perfeito para penetrar no País das Maravilhas e no mundo invertido do Espelho. Cortem a cabeça de quem ficar de fora desta! O livro traz ainda: além de todas as ilustrações originais de John Tenniel, também esboços recém-descobertos; introdução situando "Alice no País das Maravilhas" e "Através do Espelho" no contexto da Inglaterra vitoriana; bibliografia da obra de Lewis Carroll, enriquecida com edições em português; filmografia, com todos os filmes já produzidos sobre Alice; episódio inédito de "Através do Espelho": "O Marimbondo de Peruca".



Resenha

terça-feira, 21 de novembro de 2017

Uma Noite Como Esta - Julia Quinn

Uma Noite Como Esta - Julia Quinn

Editora: Arqueiro
Ano da Edição: 2017
Páginas: 272
Título Original: a Night Like This

Sinopse
Anne Wynter pode não ser quem diz que é… Mas está se saindo muito bem como governanta de três jovenzinhas bem-nascidas. Seu trabalho é bastante desafiador: em uma única semana ela precisa se esconder em um depósito de instrumentos musicais, interpretar uma rainha má em uma peça que pode ser uma tragédia ou, talvez, uma comédia – ninguém sabe ao certo – e cuidar dos ferimentos do irresistível conde de Winstead. 

Após anos se esquivando de avanços masculinos indesejados, ele é o primeiro homem que a deixa verdadeiramente tentada, e está cada vez mais difícil para ela lembrar que uma governanta não tem o direito de flertar com um nobre. Daniel Smythe-Smith pode estar em perigo… Mas isso não impede o jovem conde de se apaixonar. Quando ele vê uma misteriosa mulher no concerto anual na casa de sua família, promete fazer de tudo para conhecê-la melhor, mesmo que isso signifique passar os dias na companhia de uma menina de 10 anos que pensa que é um unicórnio. O problema é que Daniel tem um inimigo que prometeu matá-lo. Mesmo assim, no momento em que vê Anne ser ameaçada, ele não mede esforços para salvá-la e garantir seu final feliz com ela.


Resenha

quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Sorteio!!! - Mil Beijos de Garoto


Pessoas lindas, este mês estamos comemorando 1 ano do Instagram do blog!!! Como presente para vocês seguidores, vamos fazer o segundo sorteio do Bibliomaníacas lá no Instagram!!!!! Vamos sortear o livro "Mil Beijos de Garoto", um romance YA que foi o livro da caixa nº1 do Clube Skoob! O sorteio será realizado dia 30 de novembro por volta das 18h pelo Sorteio Gram, então, vamos participar e chamar os amigos e a família inteira!

Prestem muita atenção nas regras abaixo, pois não queremos desclassificar ninguém.

Regras obrigatórias
✔Seguir o Bibliomaníacas no Instagram
✔Marcar três amigos nos comentários da foto oficial no Instagram
✔Residir no Brasil

➖ Pode comentar quantas vezes quiser! Desde que os comentários citem amigos diferentes. Não pode marcar famosos, perfis comerciais (tipo editoras, etc)

Chances extras
✔Seguir o nosso Twitter @Bibliomaniacas e comentar separadamente na foto oficial no Instagram seu usuário no Twitter
✔Seguir aqui no Blog e comentar separadamente na foto oficial no Instagram o seu nome de seguidor

➖ Nas fotos abaixo tem o exemplo de participação e o detalhe dos botões para clicar!
➖ Quando fizermos o sorteio vamos postar a foto no nosso perfil do Instagram e marcar o ganhador, que terá 48h para mandar os dados (via direct) para o envio do prêmio. Caso o ganhador não se manifeste nesse prazo, faremos o sorteio novamente!

É isso! Aproveitem e chamem todo mundo pra participar! Boa sorte!





terça-feira, 14 de novembro de 2017

Quase Memória - Carlos Heitor Cony

Quase Memória - Carlos Heitor Cony

Editora: Nova Fronteira para TAG
Ano da Edição: 2017
Páginas: 272
Sinopse
Quase Memória explora o território situado entre a memória e a ficção a partir de um punhado de recordações do narrador-autor. Nelas, a figura de seu pai é o centro e a motivação para o exercício das lembranças que, constantemente, adquirem contornos do imaginário. Nostalgia, cumplicidade, vergonha, saudade; os mais diversos sentimentos despertados por um improvável embrulho.

Publicado em 1995, Quase memória marcou a volta de Cony às grandes narrativas depois de mais vinte anos. Rompendo limites entre gêneros e situado em algum ponto entre a ficção e a memória, o livro rapidamente se tornou sucesso de crítica e público e ganhou, em 1996, o Jabuti de Melhor Romance e o Prêmio de Livro do Ano.


Resenha

terça-feira, 7 de novembro de 2017

O Quinze - Rachel de Queiroz

O Quinze - Rachel de Queiroz

Editora: José Olympio
Ano da Edição: 2014
Páginas: 160
Título Original: name

Sinopse
O Quinze foi o primeiro e mais conhecido romance da escritora. A história se dá em dois planos: um enfocando o vaqueiro Chico Bento e sua família; o outro, a relação afetiva entre Vicente, rude proprietário e criador de gado, e Conceição, sua prima culta e professora. Conceição é apresentada como uma moça amante dos livros e com tendências feministas e socialistas. O período de férias, ela passava na fazenda da família com a avó Mãe Nácia, no Logradouro, perto do Quixadá, onde morava seu primo Vicente. Com o advento da seca, a família de Mãe Nácia decide ir para cidade e deixar Vicente cuidando de tudo, resistindo. No segundo plano, Rachel apresenta a marcha trágica do vaqueiro Chico Bento com sua mulher e seus cinco filhos, representando os retirantes. Ele é forçado a abandonar a fazenda onde trabalhava. Com algum dinheiro, mantimentos e um animal, ruma para o Norte, onde há a extração da borracha. No percurso, o filho mais novo morre envenenado e o mais velho desaparece. Ao chegarem no campo de concentração, são reconhecidos por Conceição, sua comadre, que vai lhes prestar ajuda. Rachel conseguiu exprimir os anseios e angústias da sua região brasileira.



Resenha

O último dia 4 de novembro foi o marco de 40 anos de que a primeira mulher assumiu uma cadeira na Academia Brasileira de Letras (sim, também fiquei chocada que só em 1977 tivemos a nossa primeira representante feminina na ABL...). Esta mulher foi a cearense Rachel de Queiroz. Ela nasceu em 17 de novembro de 1910 e faleceu em 4 de novembro de 2003. Rachel de Queiroz é uma das mulheres mais importantes da literatura brasileira e ganhou inúmeros prêmios, inclusive foi a primeira mulher a receber o Prêmio Camões, em 1993. Como uma singela homenagem, vim escrever uma resenha sobre uma de suas mais aclamadas obras: O Quinze.

terça-feira, 31 de outubro de 2017

Mr. Bliss - J.R.R. Tolkien

Mr. Bliss - J.R.R. Tolkien

Editora: HarperCollins UK
Ano da Edição: 2011
Páginas: 192
Sinopse
Professor J.R.R. Tolkien invented and illustrated the book of Mr Bliss’s adventures for his own children when they were very young. The book was handwritten with lots of detailed and uproarious colour pictures.
This is a complete and highly imaginative tale of eccentricity. Mr Bliss, a man notable for his immensely tall hats and for the girabbit in his garden, takes the whimsical decision to buy a motor car. But his first drive to visit friends quickly becomes a catalogue of disasters. Some of these could be blamed on Mr Bliss’s style of driving, but even he could not anticipate being hijacked by three bears. As for what happened next – the readers, whether young or old, will want to discover for themselves.
Redesigned using new archival scans of Tolkien’s original drawings, MR BLISS is presented for the first time in a conventional trade format, sure to delight Tolkien fans of all ages.



Resenha

terça-feira, 24 de outubro de 2017

Chico Bento: Pavor Espaciar - Gustavo Duarte

Chico Bento: Pavor Espaciar - Gustavo Duarte

Editora: Panini
Ano da Edição: 2013
Páginas: 82
Sinopse
Tinha tudo para ser mais uma noite tranqüila na Vila Abobrinha. Mas Chico Bento, o seu primo Zé Lelé, o porco Torresmo e a galinha Giserda acabam abduzidos por alienígenas que têm planos sinistros. Em Pavor Espaciar, o autor Gustavo Duarte reinterpreta os personagens de Mauricio de Sousa mesclando perigo, aventura, suspense e humor.



Resenha

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Memórias de um Empregado - Federigo Tozzi

Memórias de um Empregado - Federigo Tozzi

Editora: Carambaia
Ano da Edição: 2015
Páginas: 144
Título Original: Ricordi di un impiegato

Sinopse
Pressionado pelo pai para começar a trabalhar, um jovem deixa sua cidade, a família e a namorada, e parte para a pequena Pontedera, na Itália, onde arrumara emprego como funcionário de uma estação de trem. Ao longo do tempo em que passa longe, mantém um diário e se corresponde frequentemente com a amada. Esse episódio da vida do escritor italiano Federigo Tozzi (1883-1920) é também o mote do seu breve romance Memórias de um empregado, inédito no Brasil. Tido como um dos nomes mais importantes da literatura italiana do século XX, Tozzi é comparado por críticos a Luigi Pirandello e Italo Svevo. Sua obra permanece, entretanto, pouco conhecida pelos brasileiros. Memórias de um empregado foi publicado pela primeira vez na Itália em 1920, no mesmo ano em que seu autor morreu, aos 37 anos, vítima da gripe espanhola. Inovador na forma, o romance tem pontuação, ritmo e estilo que ilustram a modernidade do escritor. O projeto gráfico, desenvolvido especialmente para a obra, é inspirado no formato de uma caderneta de anotações, em referência ao diário mantido pelo personagem.



Resenha

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Simplesmente o Paraíso - Julia Quinn

Simplesmente o Paraíso - Julia Quinn

Editora: Arqueiro
Ano da Edição: 2017
Páginas: 272
Título Original: Just Like Heaven

Sinopse
Honoria Smythe-Smith é parte do famoso quarteto musical Smythe-Smith, embora não se engane e saiba que o dito quarteto carece sequer do menor sentido musical e tem esperanças postas que esta seja a última vez que se submeta a semelhante humilhação. Esta será sua temporada e com um pouco de sorte conseguirá um marido. Durante um jantar, põe seus olhos em Gregory Bridgerton, um dos mais jovens da família Bridgerton. Sabe que não está apaixonada, mas ele parece uma opção mais que válida. Marcus Holroyd é o melhor amigo do irmão de Honoria, Daniel, que vive exilado na Italia. Ele prometeu olhar por ela e leva suas responsabilidades muito seriamente. Odeia Londres e durante toda a temporada, permaneceu vigilante e intermediou quando acreditava que o pretendente não era o adequado. Honoria e Marcus compartilham uma amizade, pouco atípica, fruto dos anos que se conhecem e que o torna parte da família. Entretanto, um desafortunado acidente faz que ambos repensem sua relação e encontrem a maneira de confrontar o que surge entre eles, se tiverem coragem suficiente



Resenha

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

Bidu: Caminhos - Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho

Bidu: Caminhos - Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho

Editora: Panini
Ano da Edição: 2014
Páginas: 82
Sinopse
Em Bidu – Caminhos, os autores Eduardo Damasceno e Luís Felipe Garrocho reimaginam a forma como Bidu e Franjinha - os dois primeiros personagens criados por Mauricio de Sousa - se tornaram melhores amigos. Uma aventura cheia de problemas, surras, desvios de rota, chuva, cachorros, decisões difíceis e ternura.



Resenha

sexta-feira, 6 de outubro de 2017

Iracema - José de Alencar

Iracema - José de Alencar

Editora: Edições Câmara
Ano da Edição: 2017
Páginas: 101
Título Original: Iracema

Sinopse
Uma das histórias de amor mais aclamadas da literatura brasileira, Iracema apresenta o romance do herói branco com a linda virgem dos lábios de mel. A bela índia Iracema detém o segredo da Jurema, que lhe cobra virgindade. O valente guerreiro português Martim tem a missão de fiscalizar a costa cearense contra invasões estrangeiras. Desse amor proibido nasce o primeiro mestiço, símbolo do povo brasileiro. Obra mais conhecida da literatura romântica nacionalista de José de Alencar, Iracema é uma aventura épica recheada de lirismo poético.



Resenha

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

Louco: Fuga - Rogério Coelho

Louco: Fuga - Rogério Coelho

Editora: Graphic MSP
Ano da Edição: 2015
Páginas: 84
Sinopse
O seu nome é Licurgo Orival Umbelino Cafiaspirino de Oliveira, mas pode chamá-lo de Louco. Ele corre dos guardiões do silêncio, enquanto viaja pelas histórias para libertar um pássaro. Ou não? Em Fuga, o personagem mais maluco de Maurício de Sousa ganha uma releitura magnífica pelas mãos de Rogério Coelho.



Resenha

sexta-feira, 29 de setembro de 2017

Dom Quixote de la Mancha - Miguel de Cervantes

Dom Quixote de la Mancha, vol. 1 - Miguel de Cervantes

Editora: Nova Fronteira
Ano da Edição: 2016
Páginas: 624 (vol. 1)
Título Original: El ingenioso hidalgo Don Quijote de la Mancha

Sinopse
A história do engenhoso fidalgo Dom Quixote e de seu fiel escudeiro Sancho Pança conquista leitores geração após geração. O clássico de Miguel de Cervantes é considerado o expoente máximo da literatura espanhola e, em 2002, foi eleito por uma comissão de escritores de 54 países o melhor livro de ficção de todos os tempos. Em homenagem aos 400 anos de morte de Miguel de Cervantes, a Nova Fronteira traz ao público esta edição especial, com a obra integral em dois volumes. O texto de Cervantes é acompanhado das belíssimas ilustrações do francês Gustave Doré, um dos mais fantásticos artistas do século XIX.



Resenha

segunda-feira, 25 de setembro de 2017

A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard

A Rainha Vermelha - Victoria Aveyard

Editora: Seguinte
Ano da Edição: 2015
Páginas: 422
Título Original: Red Queen

Sinopse
O mundo de Mare Barrow é dividido pelo sangue: vermelho ou prateado. Mare e sua família são vermelhos: plebeus, humildes, destinados a servir uma elite prateada cujos poderes sobrenaturais os tornam quase deuses. Mare rouba o que pode para ajudar sua família a sobreviver e não tem esperanças de escapar do vilarejo miserável onde mora. Entretanto, numa reviravolta do destino, ela consegue um emprego no palácio real, onde, em frente ao rei e a toda a nobreza, descobre que tem um poder misterioso Mas como isso seria possível, se seu sangue é vermelho? Em meio às intrigas dos nobres prateados, as ações da garota vão desencadear uma dança violenta e fatal, que colocará príncipe contra príncipe - e Mare contra seu próprio coração.



Resenha

sexta-feira, 22 de setembro de 2017

As Regras da Sedução - Madeline Hunter

As Regras da Sedução - Madeline Hunter  

Editora: Arqueiro
Ano da Edição: 2013
Páginas: 272
Título Original: The Rules Of Seduction

Sinopse
Lorde Hayden Rothwell chega à casa de Alexia Welbourne sem aviso e sem ser convidado um homem poderoso e sedutor, movido por interesses obscuros. Sua visita anuncia a ruína financeira da família de Alexia e o fim das esperanças da jovem de um dia conseguir um bom casamento. Para se sustentar, a moça recebe a proposta de ser dama de companhia de Lady Henrietta Wallingford e preceptora de sua filha. O problema é que a oferta vem do sobrinho de Henrietta, ninguém menos que lorde Hayden. Morando na casa da tia de Rothwell, Alexia descobre que a proximidade com o homem que destruiu sua família pode ser perigosamente irresistível. Num gesto impensado, ela se entrega a ele, e ambos se veem obrigados a se casar. O que Alexia não sabe é que os atos aparentemente arrogantes de seu belo e sensual marido são motivados por uma dívida de honra que pode levá-lo a sacrificar tudo. Com tantas mágoas e segredos entre eles, o casal tem tudo para se manter afastado. Mas Hayden é um homem apaixonante e Alexia, a tentação que o faz perder a cabeça. Morando sob o mesmo teto, eles acabam se aproximando e, juntos, vão descobrir um jogo de sedução em que cada um faz as próprias regras.



Resenha

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Mil Beijos de Garoto - Tillie Cole

Mil Beijos de Garoto - Tillie Cole

Editora: Planeta
Ano da Edição: 2017
Páginas: 400
Título Original: A Thousand Boy Kisses

Sinopse
Um beijo dura um instante. Mas mil beijos podem durar uma vida inteira. Um garoto. Uma garota. Um vínculo que é definido num momento e se prolonga por uma década. Um vínculo que nem o tempo nem a distância podem romper. Um vínculo que vai durar para sempre. Ao menos era o que eles imaginavam. Quando, aos dezessete anos, Rune Kristiansen retorna da Noruega para o lugar onde passou a infância – a cidade americana de Blossom Grove, na Geórgia –, ele só tem uma coisa em mente: reencontrar Poppy Litchfield, a garota que era sua cara-metade e que tinha prometido esperar fielmente por seu retorno. E ele quer descobrir por que, nos dois anos em que esteve fora, ela o deletou de sua vida sem dar nenhuma explicação.



Resenha

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Assassinato No Expresso do Oriente - Agatha Christie

Assassinato No Expresso do Oriente - Agatha Christie

Editora: Record
Ano da Edição: 1986
Páginas: 189
Título Original: Murder on the Orient Express

Sinopse
Pouco depois da meia-noite, uma tempestade de neve para o Expresso do Oriente nos trilhos. O luxuoso trem está surpreendentemente cheio para essa época do ano. Mas, na manhã seguinte, há um passageiro a menos. Um americano é encontrado morto em sua cabina, com doze facadas, e a porta estava trancada por dentro. Pistas falsas são colocadas no caminho de Hercule Poirot para tentar mantê-lo fora de cena, mas, num dramático desenlace, ele apresenta não uma, mas duas soluções para o crime.



Resenha

Em 15 de setembro de 1890 nascia Agatha Christie, que veio a se tornar uma das maiores escritoras de romances policiais. Seu famoso detetive Hercule Poirot protagoniza a maioria de seus livros e intriga leitores por todo o mundo. Suas obras já foram adaptadas para séries de TV e também filmes. Em novembro próximo estreará um filme baseado no livro "Assassinato do Expresso Oriente", decidi, então, aproveitar o aniversário da autora para fazer a resenha deste livro.

segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Ecos - Pam Muñoz Ryan

Ecos - Pam Muñoz Ryan

Editora: Darkside
Ano da Edição: 2017
Páginas: 368
Título Original: Echo

Sinopse
Ecos, da premiada escritora norte-americana Pam Muñoz Ryan, é uma fábula como há muito não se via – ou se ouvia. Um conto de fadas dark, que resgata o melhor da tradição dos irmãos Grimm, combinado com delicados momentos do século XX, como as duas grandes guerras e a Depressão econômica que assolou os Estados Unidos nos anos 1930. O resultado é uma fantasia histórica repleta de perigos e beleza, emoldurada pelo poder da música. A aventura começa cinquenta anos antes da Primeira Guerra Mundial — “a guerra para acabar com todas as guerras” —, quando o pequeno Otto se perde na Floresta Negra e encontra as três irmãs encantadas, prisioneiras de uma velha bruxa, que conhecia apenas das páginas de um livro, e acreditava ser apenas uma lenda. Como em um passe de mágica, as irmãs ajudam o garoto a encontrar o caminho de casa. E Otto promete libertá-las, levando o espírito das três dentro de uma inusitada gaita de boca. Ao longo dos anos, o instrumento chega à mão de novos donos: um menino que vê o sonho de se tornar músico interrompido pela ascensão do nazismo; um jovem pianista prodígio que vive num orfanato e luta para não ser separado do irmão caçula; uma filha de imigrantes mexicanos que cuidam de uma casa de japoneses enviados a um campo de concentração dentro dos Estados Unidos, durante a Segunda Guerra Mundial. Personagens com dramas diferentes, mas um amor transformador pela música. Cada um à sua maneira, eles são afetados pela magia das três irmãs. Assim como os leitores do livro em todos os países em que ECOS foi lançado. Prepare-se para também ser arrebatado e enfeitiçado por essa fábula harmônica.



Resenha

quinta-feira, 7 de setembro de 2017

1822 - Laurentino Gomes

1822 - Laurentino Gomes

Editora: Globo Livros
Ano da Edição: 2015
Páginas: 376
Título Original: 1822

Sinopse
O segundo volume da premiada trilogia de Laurentino Gomes, dedicado à Independência do Brasil, está de volta às livrarias em uma edição revista e ampliada pela Globo Livros. 1822 traz importantes novidades, como os resultados da exumação dos restos mortais de Dom Pedro e suas duas mulheres oficiais, as imperatrizes Leopoldina e Amélia, realizada em 2012 pela arqueóloga e historiadora Valdirene do Carmo Ambiel, da Universidade de São Paulo. Os exames ajudaram a esclarecer mistérios na vida desses três personagens. Mostraram, por exemplo, que em consequência de dois acidentes a cavalo, ocorridos no Rio de Janeiro em 1823 e 1829, o imperador havia fraturado quatro costelas do lado esquerdo. Essas fraturas praticamente inutilizaram parte um de seus pulmões, o que pode ter agravado a tuberculose que o matou em 1834. Em 1822, Laurentino compara diferentes relatos sobre o dia 7 de setembro e a proclamação da independência. Mais do que desmistificar o grito às margens do Ipiranga, o escritor analisa como Dom Pedro conseguiu, apesar de todas as dificuldades, fazer do Brasil uma nação na sequência das mudanças provocadas pela fuga da família real portuguesa em 1808. O autor mostra como as Guerras Napoleônicas, a Revolução Francesa e a independência dos Estados Unidos, entre outros acontecimentos, criaram um ambiente favorável à criação de um novo país nos trópicos. Laurentino une a pesquisa a um texto leve e saboroso que trata história como um assunto cativante, que nos leva a compreender melhor as origens do Brasil e como problemas estruturais ainda influenciam a nossa realidade hoje. Vencedor do Prêmio Jabuti de Melhor Reportagem e aclamado como Livro do Ano de Não Ficção, 1822 é uma leitura essencial para todos que desejam compreender melhor o nosso país.



Resenha

A resenha de sexta dessa semana foi antecipada para a quinta, para podermos utilizar a data especial de 7 de setembro e falarmos sobre os 195 anos do dia da nossa independência. O segundo livro da trilogia de Laurentio Gomes, 1822, fala justamente sobre esse marco na nossa história: a situação política e social no Brasil daquela época, os motivos e os acontecimentos que culminaram no Grito da Independência dado por D. Pedro.

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

D. Pedro: A história não contada - Paulo Rezzutti

D. Pedro: A história não contada - Paulo Rezzutti

Editora: LeYa
Ano da Edição: 2015
Páginas: 432
Sinopse
Mais do que um dos personagens da independência do Brasil e herói liberal na Europa, D. Pedro foi um filho devotado, um irmão presente e um pai amoroso e preocupado com a educação dos filhos. Essas facetas pouco conhecidas, bem como o que houve com o monarca após deixar o Brasil, a guerra em que se envolveu contra o irmão para restabelecer a filha no trono de Portugal, são abordadas com profundidade neste livro. A análise mais íntima de D. Pedro permitiu relacionar ocorrências de sua vida particular que precipitaram ações estratégicas e políticas. Como nos trabalhos anteriores de Paulo Rezzutti, D. Pedro, a história não contada é garantia de boa leitura.



Resenha

sexta-feira, 1 de setembro de 2017

Harry Potter e a Pedra Filosofal (Edição Ilustrada) - J.K. Rowling

Harry Potter e a Pedra Filosofal (Edição Ilustrada) - J.K. Rowling

Editora: Rocco
Ano da Edição: 2016
Páginas: 256
Título Original: Harry Potter and the Philosopher’s Stone

Sinopse
Primeiro dos sete livros da série que se tornou o maior fenômeno editorial de todos os tempos, com mais de 450 milhões de exemplares vendidos em todo o mundo, Harry Potter e a Pedra Filosofal chega às livrarias brasileiras em 1º de junho em edição ilustrada. Perfeita para a legião de fãs da série de J.K. Rowling e para as novas gerações que estão descobrindo a leitura, a nova edição é ilustrada por Jim Kay, ganhador da Kate Greenaway Medal, que fez um trabalho minucioso ao recriar o universo de Harry Potter em imagens e cores. Com projeto gráfico sofisticado, o livro, que traz o texto integral de J.K. Rowling, chega às lojas com capa dura, sobrecapa, miolo em papel couché e protegido por uma luva ilustrada.



Resenha

Hoje, 1º de setembro, é o dia de volta às aulas em Hogwarts! Como fã incondicional da série Harry Potter, não poderia deixar de fazer uma resenha que tenha a ver com esse mundo mágico que a J.K. Rowling nos apresentou. E escolhi fazer a resenha da maravilhosa edição ilustrada do primeiro livro do nosso querido bruxo: Harry Potter e a Pedra Filosofal.

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Malagueta, Perus e Bacanaço - João Antônio

Malagueta, Perus e Bacanaço - João Antônio

Editora: Cosac Naify
Ano da Edição: 2015
Páginas: 224
Sinopse
Livro de estréia em que João Antonio, aos 26 anos, viu-se imediatamente apontado pela crítica como sucessor da tradição fundada por Mário de Andrade e Antônio de Alcântara Machado, em que a literatura e a capital paulistana são indissociáveis. Os contos de abertura equilibram com maestria a emotividade de histórias simples e uma notável ausência de sentimentalismo. Os últimos instauram aquele que seria um dos temas primordiais da obra do escritor: o mundo da sinuca e da malandragem, com seus tipos, sua ética, sua estética, por meio de uma estilização brilhante da linguagem oral.



Resenha

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

O Bicho-da-Seda - Robert Galbraith (J.K. Rowling)

O Bicho-da-Seda - Robert Galbraith (J.K. Rowling)

Editora: Rocco
Ano da Edição: 2014
Páginas: 464
Título Original: The Silkworm

Sinopse
O detetive Cormoran Strike retorna no novo mistério de Robert Galbraith, autor do best-seller internacional 'O Chamado do Cuco'. Quando o escritor Owen Quine desaparece, sua esposa vai a procura de Strike. De início, a Sra. Quine pensa que seu marido apenas se afastou por conta própria, por uns dias — como já tinha feito antes — e ela pede a Strike para que o encontre e o traga para casa. Mas conforme Strike investiga o caso, se torna claro que há mais no desaparecimento de Owen do que sua mulher pensa. O escritor havia terminado um manuscrito contendo descrições venenosas de quase todos que conhecia. Se o livro fosse publicado, poderia arruinar vidas: o que significa que existiam várias pessoas que poderiam querer silenciá-lo. Quando Quine é encontrado brutalmente assassinado em circunstâncias bizarras, a investigação se torna uma corrida contra o tempo para entender a motivação de um assassino impiedoso, um assassino como Strike nunca havia visto antes.



Resenha

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Uns e Outros: Contos Espelhados - Vários Autores

Uns e Outros: Contos Espelhados - Vários Autores

Editora: Dublinense para TAG
Ano da Edição: 2017
Páginas: 272
Sinopse
A ideia do livro foi que dez autores lusófonos escolhessem um conto cada, de um autor considerado clássico, para servir de inspiração para uma releitura original. Desta forma, o debate vai girar em torno das influências literárias, do processo de recriação de obras clássicas e dos efeitos do espelhamento resultante dessa experiência.



Resenha

sexta-feira, 18 de agosto de 2017

A Melodia Feroz - Victoria Schwab

A Melodia Feroz - Victoria Schwab

Editora: Seguinte
Ano da Edição: 2017
Páginas: 384
Título Original: This Savage Song

Sinopse
Kate Harker e August Flynn vivem em lados opostos de uma cidade dividida entre Norte e Sul, onde a violência começou a gerar monstros de verdade. Eles são filhos dos líderes desses territórios inimigos e seus objetivos não poderiam ser mais diferentes. Kate sonha em ser tão cruel e impiedosa quanto o pai, que deixa os monstros livres e vende proteção aos humanos. August também quer ser como seu pai: um homem bondoso que defende os inocentes. O problema é que ele é um dos monstros, capaz de roubar a alma das vítimas com apenas uma nota musical. Quando Kate volta à cidade depois de um longo período, August recebe a missão de ficar de olho nela, disfarçado de um garoto comum. Não vai ser fácil para ele esconder sua verdadeira identidade, ainda mais quando uma revolução entre os monstros está prestes a eclodir, obrigando os dois a se unir para conseguir sobreviver.



Resenha

segunda-feira, 14 de agosto de 2017

A Lógica Inexplicável da Minha Vida - Benjamin Alire Sáenz

A Lógica Inexplicável da Minha Vida - Benjamin Alire Sáenz

Editora: Seguinte
Ano da Edição: 2017
Páginas: 440
Título Original: name

Sinopse
Salvador levava uma vida tranquila e descomplicada ao lado de seu pai adotivo gay e de Sam, sua melhor amiga. Porém, o último ano do ensino médio vem acompanhado de mudanças sobre as quais o garoto não tem nenhum controle, como ímpetos de raiva que ele não costumava sentir. Além disso, Salvador tem que lidar com a iminente morte da avó, com uma tragédia repentina que acontece na vida de Sam e com o fato de seu pai estar se reaproximando de um ex-namorado. Em meio a esse turbilhão de sentimentos, que vão do luto ao amor e da amizade à solidão, Sal passa a questionar sua própria origem e identidade, e tenta encontrar alguma lógica para a sua vida uma tarefa que parece quase impossível.



Resenha

sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Capitães da Areia - Jorge Amado

Capitães da Areia - Jorge Amado

Editora: Record
Ano da Edição: 1980
Páginas: 231
Título Original: Capitães da Areia

Sinopse
Desde o seu lançamento, em 1937, Capitães da Areia causou escândalo: inúmeros exemplares do livro foram queimados em praça pública, por determinação do Estado Novo. Ao longo de sete décadas a narrativa não perdeu viço nem atualidade, pelo contrário: a vida urbana dos meninos pobres e infratores ganhou contornos trágicos e urgentes. Várias gerações de brasileiros sofreram o impacto e a sedução desses meninos que moram num trapiche abandonado no areal do cais de Salvador, vivendo à margem das convenções sociais. Verdadeiro romance de formação, o livro nos torna íntimos de suas pequenas criaturas, cada uma delas com suas carências e suas ambições: do líder Pedro Bala ao religioso Pirulito, do ressentido e cruel Sem-Pernas ao aprendiz de cafetão Gato, do sensato Professor ao rústico sertanejo Volta Seca. Com a força envolvente da sua prosa, Jorge Amado nos aproxima desses garotos e nos contagia com seu intenso desejo de liberdade.



Resenha

Ontem, 10/08/2017, seria o aniversário de 105 anos de Jorge Amado. Por isso, resolvi fazer uma resenha sobre Capitães da Areia, um dos livros mais famosos dele, que li para o vestibular e me encantei com o autor.

segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Limonov - Emmanuel Carrère

Limonov - Emmanuel Carrère

Editora: Alfaguara para TAG
Ano da Edição: 2017
Páginas: 377
Título Original: Limonov

Sinopse
Fenômeno de vendas na França e vencedor de prêmios importantes, Limonov, conta na forma de um romance eletrizante, uma história real: a vida de uma figura polêmica cuja trajetória - de poeta russo a revolucionário, de celebridade a presidiário - acompanha a própria história da Europa no século XX. De forma inovadora, Emmanuel Carrère parte de fatos reais - a vida de Eduard Limonov, delinquente, escritor, mendigo, mordomo, político radical russo - para construir uma história de não ficção com as bases clássicas do romance, em que acompanhamos a vida e as peripécias de um personagem marcante, passando por uma série de quedas e apogeus. Para colher informações realistas sobre o personagem, o escritor teve encontros diários durante duas semanas com Limonov. “Limonov não é um personagem de ficção. Ele existe. Eu o conheço. Ele foi delinquente na Ucrânia, ídolo do underground soviético; mendigo, depois mordomo de um bilionário em Manhattan; escritor da moda em Paris; soldado perdido nas guerras dos Bálcãs; e agora, no imenso caos do pós-comunismo na Rússia, velho chefe carismático de um partido de jovens desesperados. Ele mesmo se vê como herói, podemos considerá-lo um tratante: suspendo neste ponto meu julgamento. É uma vida perigosa, ambígua: um verdadeiro romance de aventuras. É também, creio eu, uma vida que conta alguma coisa. Não apenas sobre ele, Limonov, não apenas sobre a Rússia, mas sobre a história de nós todos desde o fim da Segunda Guerra Mundial”, revela o autor.



Resenha

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Fantastic Beasts and Where to Find Them - J.K. Rowling

Fantastic Beasts and Where to Find Them - J.K. Rowling

Editora: Little Brown
Ano da Edição: 2016
Páginas: 304
Título Original: Fantastic Beasts and Where to Find Them

Sinopse
When Magizoologist Newt Scamander arrives in New York, he intends his stay to be just a brief stopover. However, when his magical case is misplaced and some of Newt's fantastic beasts escape, it spells trouble for everyone… Fantastic Beasts and Where to Find Them marks the screenwriting debut of J.K. Rowling, author of the beloved and internationally bestselling Harry Potter books. Featuring a cast of remarkable characters, this is epic, adventure-packed storytelling at its very best. Whether an existing fan or new to the wizarding world, this is a perfect addition to any reader's bookshelf.



Resenha


A sinopse e o título estão em inglês, pois li a versão britânica do roteiro, mas a Editora Rocco já lançou aqui a versão brasileira. 

segunda-feira, 31 de julho de 2017

Harry Potter: Film Wizardry - Brian Sibley

Harry Potter: Film Wizardry - Brian Sibley

Editora: Harper Design
Ano da Edição: 2012
Páginas: 164
Sinopse
Immerse yourself in the world of the spectacular Harry Potter film series, and learn why Yule Ball ice sculptures never melt, where Galleons, Sickles, and Knuts are really "minted," how to get a Hippogriff to work with actors, the inspiration behind Hogwarts castle, and why Dementors move the way they do. Written and designed in collation with the cast and crew that brought J. K. Rowling's celebrated novels to the silver screen, Harry Potter: Film Wizardry delivers an enchanting interactive experience, transporting readers to the wizarding world by sharing film-making secrets, unpublished photography and artwork, and exclusive stories from the stars. Full of removable facsimile reproductions of props and paper ephemera from the movies, this collectible volume offers a privileged look at the Harry Potter films and the talented group of Muggles that has made true movie magic.



Resenha

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Os Três Mosqueteiros - Alexandre Dumas

Os Três Mosqueteiros - Alexandre Dumas

Editora: Ediouro
Ano da Edição: 2004
Páginas: 626
Título Original: name

Sinopse
Publicado pela primeira vez no diário parisiense La Presse entre março e julho de 1844, “Os três mosqueteiros” nasceu folhetim e passou à posteridade como um dos clássicos obrigatórios de língua francesa. Homem de seu tempo, Alexandre Dumas encarnou em sua vida e obra as transformações de um século que assiste ao ocaso do "homem letrado" e ao nascimento de uma cultura de consumo. Por isso, “Os três mosqueteiros” combina o apelo de um capa & espada com a influência duradoura da melhor literatura. A história de d'Artagnan, jovem recém-chegado a Paris, que conhece Aramis, Porthos e Athos - mosqueteiros de Luís XIII -, e do seu envolvimento na luta contra o cardeal Richelieu e a agente Milady de Winter, é repleta de reviravoltas, suspense e diálogos brilhantes. O contexto é o da França do século XVII (a trama começa a ser contada em 1648, no fim da Guerra dos Trinta Anos), em meio à guerra civil entre católicos e huguenotes, intrigas palacianas e instabilidade política. Misturando ficção e fatos históricos, Dumas coloca o bravo d'Artagnan para salvar a honra da rainha Ana de Áustria, envolvida em um imbróglio amoroso com o duque de Buckingham, braço direito do rei Carlos I da Inglaterra. Os mosqueteiros também participam do cerco a La Rochelle (1629), mas fracassam ao tentar salvar a vida do duque, que acaba sendo assassinado pela fugitiva Milady, aliada de Richelieu. Os heróis elegantes e as donzelas inatingíveis de “Os três mosqueteiros” são representantes de um mundo onde palavras como "glória" e "honra" não eram simplesmente figuras de retórica.



Resenha

Se estivesse vivo, Alexandre Dumas faria ontem, 27 de julho, 193 anos. Então, decidi vir aqui prestar uma singela homenagem falando sobre Os Três Mosqueteiros, um livro maravilhoso com uma história épica, que mistura aventura, ação, romances e toques cômicos em proporções exatas.

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Astronauta: Magnetar - Danilo Beyruth

Astronauta: Magnetar - Danilo Beyruth

Editora: Panini Comics - Mauricio de Sousa Editora
Ano da Edição: 2012
Páginas: 82
Sinopse
O Astronauta, personagem que singra o espaço sideral sozinho em sua nave há anos, visita uma galáxia distante para estudar um magnetar, uma estrela de nêutrons que possui um campo magnético estimado em 1 bilhão de teslas. Mas ele comete um erro que pode custar sua vida. Agora, com a nave danificada e sem comunicação, ele está “náufrago no espaço” e precisa encontrar uma forma de escapar antes de ser derrotado pela insanidade que insiste em tomar sua mente. E a saída pode estar em aliar a tecnologia aos ensinamentos de seu velho avô, há tanto tempo falecido...



Resenha

sexta-feira, 21 de julho de 2017

O Velho e o Mar - Ernest Hemingway

O Velho e o Mar - Ernest Hemingway

Editora: Bertrand Brasil
Ano da Edição: 2015
Páginas: 126
Título Original: The Old Man and the Sea

Sinopse
Depois de anos na profissão, havia 84 dias que o velho pescador Santiago não apanhava um único peixe. Por isso já diziam se tratar de um salão, ou seja, um azarento da pior espécie. Mas ele possui coragem, acredita em si mesmo, e parte sozinho para alto-mar, munido da certeza de que, desta vez, será bem-sucedido no seu trabalho.Esta é a história de um homem que convive com a solidão, com seus sonhos e pensamentos, sua luta pela sobrevivência e a inabalável confiança na vida. Com um enredo tenso que prende o leitor na ponta da linha, Hemingway escreveu uma das mais belas obras da literatura contemporânea Uma história dotada de profunda mensagem de fé no homem e em sua capacidade de superar as limitações a que a vida o submete.



Resenha

Hoje, 21 de julho, é o aniversário de 118 anos do nascimento de Ernest Hemingway, e aproveitei essa data para ler um livro do celebrado autor, que ganhou um Prêmio Pulitzer e um Nobel de Literatura. O livro escolhido para que eu pudesse conhecer um pouco da sua obra foi “O Velho e o Mar”, seu livro mais famoso. 

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Foras da Lei Barulhentos, Bolhas Raivosas e Algumas Outras... - Vários Autores

Foras da Lei Barulhentos, Bolhas Raivosas e Algumas Outras... - Vários Autores

Editora: Cosac Naify
Ano da Edição: 2012
Páginas: 224
Título Original: Noisy Outlaws, Unfriendly Blobs, and Some Other...

Sinopse
O título é de perder o fôlego: "Foras da lei barulhentos, bolhas raivosas e algumas outras coisas que não são tão sinistras, quem sabe, dependendo de como você se sente quanto a lugares que somem, celulares extraviados, seres vindos do espaço, pais que desaparecem no Peru, um homem chamado Lars Farf e outra história que não conseguimos acabar, de modo que talvez você possa quebrar esse galho". O mesmo vale para a seleção dos autores, alguns dos mais celebrados escritores contemporâneos de língua inglesa, entre os quais Neil Gaiman, Nick Hornby, Jonathan Safran Foer, Jeanne DuPrau e Lemony Snicket. Uma compilação de onze contos, cada um ilustrado por um artista diferente, entreos quais vale destacar Barry Blitt (já criou vinte capas da revista New Yorker), Lane Smith (de A verdadeira história dos três porquinhos, de Jon Scieska), David Heatley (colaborador do jornal The New York Times) e Peter de Sève (criador dos personagens da animação "A era do gelo"). Em comum, as histórias trazem um quê de estranhamento do mundo, com inocência infantil. Os autores, reconhecidos pela qualidade literária de suas obras destinadas aos adultos, não subestimam o jovem leitor. Em tempos de literatura enlatada, isso é, sem dúvida, o que faz deste livro algo tão sinistro.



Resenha

sexta-feira, 14 de julho de 2017

O Chamado do Cuco - Robert Galbraith (J.K. Rowling)

O Chamado do Cuco - Robert Galbraith (J.K. Rowling)

Editora: Rocco
Ano da Edição: 2013
Páginas: 448
Título Original: The Cuckoo's Calling

Sinopse
Quando uma modelo problemática cai para a morte de uma varanda coberta de neve, presume-se que ela tenha cometido suicídio. No entanto, seu irmão tem suas dúvidas e decide chamar o detetive particular Cormoran Strike para investigar o caso. Strike é um veterano de guerra, ferido física e psicologicamente, e sua vida está em desordem. O caso lhe garante uma sobrevida financeira, mas tem um custo pessoal: quanto mais ele mergulha no mundo complexo da jovem modelo, mais sombrias ficam as coisas e mais perto do perigo ele chega. Um emocionante mistério mergulhado na atmosfera de Londres, das abafadas ruas de Mayfair e bares clandestinos do East End para a agitação do Soho. O Chamado do Cuco é um livro maravilhoso. Apresentando Cormoran Strike, este é um romance policial clássico na tradição de P. D. James e Ruth Rendell, e marca o início de uma série única de mistérios.



Resenha

segunda-feira, 10 de julho de 2017

A Princesa Leal - Philippa Gregory

A Princesa Leal - Philippa Gregory

Editora: Record
Ano da Edição: 2014
Páginas: 448
Título Original: The Constant Princess

Sinopse
No imaginário popular, Catarina de Aragão é vista como a rainha desprezada por Henrique VIII, a nobre trocada por Ana Bolena, plebéia da corte dos Tudor. Philippa Gregory, autora de A irmã de Ana Bolena, recria a infância e a juventude da infanta de Espanha. Criada no palácio de Alhambra, em Granada, Catarina fora prometida aos três anos de idade a Artur, príncipe de Gales. No entanto, a morte prematura do jovem após o casamento, fez com que Catarina se unisse a Henrique VIII, irmão mais novo de Artur. A partir de um dos episódios mais singulares da história inglesa, Phillipa Gregory nos oferece uma romance delicioso.



Resenha

sexta-feira, 7 de julho de 2017

O Projeto Rosie - Graeme Simsion

O Projeto Rosie - Graeme Simsion

Editora: Record
Ano da Edição: 2013
Páginas: 320
Título Original: The Rosie Project

Sinopse
Para se ter a vida de Don Tillman, não é preciso muito esforço. Às terças-feiras come-se lagosta com salada de wasabi (seguindo um roteiro com refeições padronizadas que evitam o desperdício de ingredientes e de tempo no preparo); todos os compromissos são executados de acordo com o cronograma – alguns minutos reservados para a prática do aikido e do caratê antes de dormir; uma hora para limpar o banheiro; três dias da semana reservados para suas idas à feira – e se, apesar dessa programação, algum desagradável contratempo surgir em sua rotina, não há nada que não possa ser solucionado com meia hora de pesquisa científica. Exceto as mulheres. Até o momento, a única coisa não esclarecida pelos estudos no campo de atuação de Don, a genética, é o motivo para sua incapacidade de arrumar uma esposa. Uma namorada ao menos? Ou até mesmo uma amiga para somar ao seleto grupo de amigos de Don, formado por Gene, também professor na universidade, e a mulher dele, Claudia, psicóloga e esposa muito compreensiva. Para solucionar esse problema do modo mais eficaz, Don desenvolve o Projeto Esposa, um questionário meticuloso que irá ajudá-lo a filtrar candidatas inadequadas a seu estilo de vida: fumantes JAMAIS, e mulheres que se atrasam por mais de cinco minutos ou que usam muita maquiagem estão fora dos critérios pouco flexíveis que o levarão à mulher ideal. O único problema é que um questionário desse tipo exige tempo e dedicação, duas coisas que começaram a diminuir exponencialmente no cotidiano de Don desde que ele conheceu Rosie: fumante, vegetariana e incapaz de chegar na hora marcada. Ou esse era o único problema até Rosie entrar na vida de Don e – despretensiosamente, uma vez que ela nunca se candidatou ao Projeto Esposa – mostrá-lo que a mulher ideal não existe, mas o amor, sim.



Resenha

segunda-feira, 3 de julho de 2017

O Leopardo - Giuseppe Tomasi di Lampedusa

O Leopardo - Giuseppe Tomasi di Lampedusa

Editora: Cia. das Letras para TAG
Ano da Edição: 2017
Páginas: 384
Título Original: Il Gattopardo

Sinopse
Romance histórico situado na segunda metade do século XIX, "O Leopardo" conta a fascinante história de uma aristocracia siciliana decadente e moribunda, ameaçada pela aproximação da revolução e da democracia. O enredo dramático e a riqueza dos comentários, o contínuo entrelaçar de mundos públicos e privados e, sobretudo, a compreensão da fragilidade humana impregnam "O Leopardo" de uma particular beleza melancólica e de um raro poder lírico, fazendo dele uma das obras-primas da literatura.



Resenha

sexta-feira, 30 de junho de 2017

O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry

O Pequeno Príncipe - Antoine de Saint-Exupéry

Editora: Geração Editorial
Ano da Edição: 2015
Páginas: 160
Título Original: Le Petit Prince

Sinopse
Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança. Trata-se da maior obra existencialista do século XX, segundo Martin Heidegger. Livro mais traduzido da história, depois do Alcorão e da Bíblia, ele agora chega ao Brasil em nova edição, completa, com a tradução de Frei Betto e enriquecida com um caderno ilustrado sobre a obra e a curta e trágica vida do autor.



Resenha

segunda-feira, 26 de junho de 2017

A Leitora - Traci Chee

A Leitora - Traci Chee

Editora: Plataforma 21
Ano da Edição: 2017
Páginas: 464
Título Original: The Reader

Sinopse
Era uma vez um mundo chamado Kelanna. Um lugar tão maravilhoso quanto terrível, onde ninguém sabia ler. Lá, as histórias não eram registradas em papel como esta que você está prestes a ler, elas eram simplesmente transmitidas de geração a geração. Em uma dessas lendas, falava-se de um objeto misterioso que guardava a maior magia que o povo de Kelanna já conheceu: o livro. Quem soubesse interpretá-lo teria acesso a um poder inimaginável.

Após o assassinato de seu pai por uma organização misteriosa, a jovem Sefia recebe de herança um estranho objeto retangular, que pode ser a chave para desvendar seu passado. Para isso, ela precisará aprender a decifrá-lo para entender o que o torna tão valioso e se tornar uma leitora. Magia e grandes perigos, como o terrível Flagelo do Leste e sua famosa frota de piratas, cruzarão seu caminho. Mas você se engana se acha que Sefia enfrentará tudo sozinha…



Resenha

sexta-feira, 23 de junho de 2017

Amor de Capitu - Fernando Sabino

Amor de Capitu - Fernando Sabino

Editora: Ática
Ano da Edição: 2008
Páginas: 296
Título Original: Amor de Capitu

Sinopse
Além de romances, novelas, contos e crônicas consagrados pela crítica e pelo público, a versátil criatividade de Fernando Sabino já o levou a diversas incursões em áreas inexploradas da literatura, com senso imaginativo e pleno domínio da expressão verbal.

Em Amor de Capitu ele realiza uma experiência inédita, ao recriar Dom Casmurro sem o narrador original. "O que sempre me atraiu neste romance admirável", afirma, "foi descobrir até que ponto a dúvida sobre a infidelidade de Capitu teria sido premeditada pelo autor através de narrador tão evasivo e casmurro...".
Ao transpor o romance de Machado de Assis para a terceira pessoa, Fernando Sabino consegue enriquecer o mistério, abrindo uma nova possibilidade de leitura de um dos nossos gênios literários. Essa foi a forma encontrada para homenagear o escritor a quem admira desde a juventude. Homenagem que, para o público, traduz-se em duplo prazer: apreciar o encontro de dois grandes romancistas brasileiros.


Resenha

Em homenagem ao aniversário de Machado de Assis, que é dia 21 de junho (são 178 anos de seu nascimento), decidimos fazer uma semana especial sobre uma de suas mais famosas e intrigantes obras: Dom Casmurro. Na segunda-feira Gabriela já falou sobre a obra original e hoje eu vou falar de uma ótima e fiel releitura escrita por Fernando Sabino, Amor de Capitu.

segunda-feira, 19 de junho de 2017

Dom Casmurro - Machado de Assis

Dom Casmurro - Machado de Assis

Editora: Abril
Ano da Edição: 1981
Páginas: 174

Sinopse
Seria a bela Capitu, com seus "olhos de cigana oblíqua e dissimulada", uma adúltera? Teria fundamento o ciúme que corrói a alma de Bentinho? Com finura psicológica e incomparável maestria literária, o grande Machado de Assis mergulha na vida interior do protagonista-narrador, mostrando como a dúvida embaça as emoções e mistura real e imaginário, passado e presente. Uma obra-prima da literatura universal.



Resenha

Em homenagem ao aniversário de Machado de Assis, que é dia 21 de junho (são 178 anos de seu nascimento), eu e Larissa decidimos fazer uma semana especial sobre uma de suas obras. Escolhemos Dom Casmurro, pois foi a única que eu li (é, estou um pouco envergonhada). Hoje, eu vou resenhar o original e, na sexta, Larissa vai falar sobre uma releitura da obra.

sexta-feira, 16 de junho de 2017

A Faca Sutil - Philip Pullman

A Faca Sutil - Philip Pullman

Editora: Objetiva
Ano da Edição: 2002
Páginas: 370
Título Original: The Subtle Knife

Sinopse
Neste segundo volume da trilogia Fronteiras do Universo , Will tem apenas 12 anos e tudo começa quando, depois de matar um homem, ele parte para descobrir a verdade sobre o desaparecimento de seu pai. Num passe de mágica, atravessa o ar e penetra num mundo onde conhece uma estranha garota, Lyra, que, como ele, também tem uma missão a cumprir. Em Cittàgazze, onde os dois se encontram, as ruas são habitadas por espectros letais, devoradores de almas e outras criaturas aterradoras que disputam com todas as forças um poderoso talismã, capaz de cortar o nada e abrir brechas para outros universos - a faca sutil.



Resenha

segunda-feira, 12 de junho de 2017

Os Irmãos Sisters - Patrick deWitt

Os Irmãos Sisters - Patrick deWit

Editora: Planeta (para TAG)
Ano da Edição: 2017
Páginas: 260
Título Original: The Sisters Brothers

Sinopse
"Dois irmãos são contratados para assassinar um garimpeiro em plena corrida do ouro no oeste americano. Eli, o narrador da história, é um homem algo ingênuo e cheio de compaixão. Charlie é um executor pragmático e brutal. Em meio ao humor negro e à violência, brotam emoções intensas e reflexões profundas sobre a honra, amizade, amor, misericórdia, família.

A boa ficção nos leva para outro mundo para que vejamos com mais clareza a nossa própria experiência e a condição humana. Os Irmãos Sisters triunfa nesse sentido. Confie no livro e se entregue ao que, de início, parece ser apenas mais uma aventura em estilo faroeste." (Daniel Galera)



Resenha

segunda-feira, 5 de junho de 2017

A Bela e a Fera - Madame de Beaumont & Madame de Villeneuve

A Bela e a Fera - Madame de Beaumont & Madame de Villeneuve

Editora: Zahar
Ano da Edição: 2016
Páginas: 240
Título Original:La Belle et la Bête

Sinopse
Adaptado, filmado e encenado inúmeras vezes, o enredo de A Bela e a Fera vai muito além da jovem obrigada a casar com uma horrenda Fera que no final se revela um lindo príncipe preso sob um feitiço. Nessa edição bolso de luxo da coleção Clássicos Zahar você encontra reunidas duas variantes da história.

A versão clássica, escrita por Madame de Beaumont em 1756, vem embalando gerações e inspirou quase todos os filmes, peças, composições e adaptações que hoje conhecemos. A versão original, que Madame de Villeneuve publicara em 1740, é de uma riqueza espantosa, que entre outras coisas traz as histórias pregressas da Fera e da Bela e dá voz ao monstro para que ele mesmo narre seu destino.

Toda em cores e ilustrada, essa edição conta com ótima tradução do premiado André Telles, uma apresentação reveladora e instigante assinada por Rodrigo Lacerda e cronologia das autoras. A versão impressa apresenta ainda capa dura e acabamento de luxo.



Resenha